Oldney Lopes

Pensamentos esculpidos em contos, crônicas, mensagens e poemas

Textos


O POETA E A FLOR  
 
Ia triste, o poeta combalido 
Na dor do amor que ele havia perdido 
Até que no caminho uma açucena 
Diante dos seus olhos lhe acena!
 
Compulsivo, o pobre interpretou 
Ser sinal que o destino lhe enviou 
Mas ao aproximar-se percebeu 
Que a flor ao seu olhar emurcheceu
 
Na sua obsessão pensou na amada:
Flor reaberta, a musa retornada!
Que a flor se abrisse então ele pediu
Num desespero que jamais se viu 
 
Mil vezes insistindo ele rogou 
Já quase desistindo, ajoelhou 
E em pranto copioso ele implorou:
- Acorda, minha flor!!! - e ela se abriu!
cleardot.gif
Oldney Lopes © 
Oldney Lopes
Enviado por Oldney Lopes em 13/09/2016
Alterado em 13/09/2016

Música: Stjepan Hauser Gabriel's Oboe The Mission - Stjepan Hauser

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oldney Lopes - www.oldney.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras