Oldney Lopes

Pensamentos esculpidos em contos, crônicas, mensagens e poemas

Textos


ENTRELINHAS


Cuidado, quando lês o que eu escrevo
E quando falas sobre o que escrevi
Pois leio muito, e lendo não me atrevo
A comentar aquilo que já li.

A pausa mostra sempre a frase oculta
A letra esconde o que eu não quis dizer
Se a fala é diferente do que escutas
É na entrelinha que tu podes ler

Sentença exata, não se faz, jamais
Tudo o que penso, tenho só comigo
Pois na escrita o gesto se desfaz

E vendo a guerra, posso dizer paz
A vírgula diz tudo, meu amigo,
Então, calado, digo muito mais!


Oldney Lopes©

Oldney Lopes
Enviado por Oldney Lopes em 29/03/2007
Alterado em 03/10/2009

Música: Alegria del Coro - BSO Los Coristas

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oldney Lopes - www.oldney.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras